financiamento construção da caixa

Financiamento de obra pela Caixa.

Financiamento de obra pela Caixa Econômica |
6 PASSOS PARA FINANCIAR A CONSTRUÇÃO DA SUA CASA.

O financiamento de obra pela caixa econômica é uma opção que você tem para construir a sua casa em seu próprio terreno, com a possibilidade de usar o seu FGTS como parte do pagamento.

 

Esse tipo de financiamento é feito pelo Sistema Financeiro de Habitação e tem como garantia a alienação fiduciária, ou seja, o imóvel fica em nome da Caixa Econômica até a quitação total da dívida.

Muitas pessoas querem utilizar esse recurso na hora de construir sua casa, mas ficam em dúvida sobre como fazer e quais são as condições de pagamento, por isso acabam perdendo boas oportunidades.

Quer saber todos os detalhes antes de fazer o financiamento de obra pela caixa econômica? Então veja abaixo os 6 passos para financiar a construção da sua casa.

Financiamento de obra pela caixa econômica: para quem é indicado?

O financiamento de obra pela caixa econômica é diferente do sistema de financiamento da casa própria ou apartamento.

No último caso, a compra é feita do imóvel pronto ou na planta. Situação muito comum nos financiamentos de apartamentos.

Sendo assim, você não tem o direito de escolher o layout do seu imóvel e muito menos poderá construir uma casa de acordo com a realidade e necessidade da sua família.

Portanto, é preciso entender para quem o financiamento de obra pela caixa econômica é indicado e em qual situação ele se encaixa melhor.

Veja abaixo para quais pessoas esse tipo de financiamento é adequada:

  1. 1.Quem já tem um terreno:  se você já tem um terreno, mas ainda não tem todos os recursos financeiros para construir a casa dos seus sonhos, essa pode ser uma excelente saída.
    No entanto, é preciso que a documentação da propriedade esteja totalmente regularizada e no nome de quem vai solicitar o financiamento.
  2. 2.Alguém que financiou um terreno: quem comprou o terreno diretamente em um imobiliária ou loteadora e após pagar uma boa quantidade de parcelas,  quer começar a construir  sua casa.
    Ela pode fazer o financiamento para quitar o saldo devedor e o restante financiar a construção da casa própria.
  3. Quem quer começar do zero: o financiamento de obra pela caixa econômica é indicado também para quem ainda não tem o terreno e pensa financiá-lo juntamente à construção da sua casa.

Esses três perfis são de pessoas que querem obter sua casa própria, mas querem fugir do modelo popular de casas.
Portanto, querem escolher o tipo de imóvel que atenda às necessidades da família e ao mesmo tempo seja uma casa bonita, com um layout diferenciado.

financiamento construção da caixa
financiamento construção da caixa

Quais são os tipos de financiamentos de obra pela caixa econômica

Quem escolhe fazer o financiamento de obra pela caixa econômica precisa conhecer os tipos de financiamentos e as taxas de juros que serão cobradas.

Essa informação é de extrema importância, pois ela ajuda a ter noção de quanto você vai pagar de fato pelo seu imóvel.
Veja abaixo quais são as modalidades de financiamento oferecidos pela caixa econômica.

  • TR;
  • IPCA;
  • Taxa fixa

Elas são atualizadas mensalmente na data do vencimento das prestações.
Para quem não quer ter surpresas, há a opção de adquirir o seu imóvel na modalidade de taxa fixa.

TR

É a abreviação da expressão taxa de referência. As taxas de juros nessa modalidade variam entre 6,50% a 8,50% ao ano.
O saldo devedor atualizado mensalmente e pode ser quitado em até 420 meses.

IPCA

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo ou IPCA também é uma forma de financiar a construção da sua casa.
As variações das taxas de juros variam entre o IPCA + 2,95% a IPCA + 4,95% ao ano.
O prazo de pagamento é de até 360 meses para quitação da dívida.

Taxa fixa

Outra forma de conseguir o financiamento de obra pela caixa econômica é pela modalidade de taxa fixa.
Ela é ideal para quem evitar surpresas na hora de pagar as prestações, pois não tem reajuste mensal.
O financiador tem até 360 meses para pagar.

Financiamento de obra pela caixa econômica: em 6 passos

Veja abaixo como fazer o financiamento de obra pela caixa econômica em 6 passos:

  1. Simule o valor

O primeiro passo é fazer a simulação do financiamento. Você pode fazer isso pelo site da Caixa Econômica ou pelo aplicativo do banco.

Se encontrar dificuldades para fazer sozinho, o ideal é procurar um correspondente especializado em financiamento da caixa.

Esse profissional é devidamente habilitado para fazer a simulação de forma correta, com valores e prazos variados, até conseguir encontrar a melhor solução para a sua realidade.
Além disso, você também saberá quanto deverá ter em mãos para dar entrada no financiamento de obra pela caixa.

Quanto maior o valor da entrada, menores serão as taxas de juros e consequentemente o valor das prestações.

  1. Escolha o tipo de construção

Após a simulação você já tem a noção de quanto terá disponível para construir a sua casa.

Portanto, agora é hora de escolher o tipo de construção.
Você precisa escolher o tipo de imóvel que será construído com o valor disponibilizado por meio do financiamento de obra pela caixa.

A menos que você tenha recursos particulares para investir no imóvel.
Para garantir que o seu projeto fique dentro do limite de gastos, o ideal é contratar um profissional.

O arquiteto é o profissional especializado na elaboração de projetos de casas e demais tipos de imóveis.
Ele saberá desenhar a sua casa de acordo com os seus gostos, exigências e necessidades, e ainda fará os devidos cálculos de todos os gastos totais da obra.

Além disso, ele é habilitado para analisar o terreno com suas particularidades e adequar o projeto da casa ao tipo de solo, aproveitando bem todos os espaços.
Ou seja, ao contratar um arquiteto você poderá ter o projeto da casa dos seus sonhos dentro do valor que será disponibilizado pelo financiamento da caixa.

Ter o projeto em mãos com todas as informações detalhadas é muito importante para que a caixa tenha conhecimento da destinação do dinheiro.
Além disso, você não corre o risco de ir morar numa casa estar totalmente concluída.

  1. Contrate um profissional

Embora a maioria das pessoas acredite que um bom profissional para elaborar o projeto da casa que será adquirida por meio do financiamento de obra pela caixa econômica possa ser substituído por projetos pontos, isso não é verdade.

O trabalho de um arquiteto é de extrema importância na elaboração do projeto da casa com todas as particularidades que ele exige.
Ele vai além dos desenhos das paredes e as divisões de cômodos.
É preciso inserir  a parte elétrica do imóvel, assim como a parte hidráulica e cabeamento de fios de internet e telefone.

Quando um projeto é elaborado por um profissional devidamente habilitado, a aprovação da caixa, bem como o registro do imóvel é muito mais rápida.

O arquiteto conhece todas as regras de uso e ocupação do solo, bem como as exigências que devem ser cumpridas para que o imóvel fique dentro das normas e leis.

  1. Regularize seu imóvel

A caixa econômica não vai liberar o crédito para financiamento de imóveis que não estejam devidamente registrados e aprovados pelo município.
Mais uma vez o trabalho de um arquiteto é de extrema importância no processo de regularização do imóvel.
Outro fator importante que merece toda a atenção é a necessidade de que o profissional responsável pelo projeto da obra esteja devidamente registrado Conselho de Arquitetura e Urbanismo – CAU.
Com o projeto em mãos desenhado pelo arquitento, você terá que junto à prefeitura de sua cidade obter os seguintes documentos:

  • Alvará de licenciamento;
  • Licença para a construção da obra;
  1. Obtenção do financiamento

Além de apresentar um projeto devidamente regularizado junto aos órgãos competentes, é preciso comprovar para a caixa econômica quais serão os gastos cobertos pelo financiamento.
Essa comprovação pode ser feita em uma planilha do Excel.
Nela deverá ser descritos todos os materiais que serão utilizados na construção da casa, bem como todos os gastos.

Por exemplo:

Janelas: descrever o tipo de material que irá compor a janela, quantas serão e valor unitário.
Portas: descreva se será de madeira, alumínio, bem como o seu tamanho e quantidade, valor unitário;
Vidro: qual tipo de vidro e qual a metragem será usada, bem como valor unitário.

Esses são alguns exemplos de tudo o que precisa ser apresentado antes de obter o financiamento de obra pela caixa econômica.

É preciso fazer uma espécie de memorial descritivo de todas as despesas, além de apresentar também o cronograma de execução da obra.
Com todos os documentos em mãos você deve procurar a caixa econômica ou um correspondente do banco para entrar concluir o processo de financiamento.

É importante ter em mente que esse processo é bastante burocrático, portanto, essa documentação solicitada é apenas uma parte.
Normalmente nesse processo devem ser apresentados os seguintes documentos:

  • Identidade;
  • CPF;
  • Comprovante de renda principal;
  • Comprovante de rendas secundárias;
  • Certidão de casamento;
  • Documentos do cônjuge, se houver;
  • Documentos dos filhos, se houver;
  • Extrato bancário.

Quando a obtenção do financiamento é feito com um correspondente da caixa, ele contribui para que o processo fique menos estressante.
Com todos os documentos em mãos, ele dá entrada ao processo do financiamento e assim que a caixa liberar, você será comunicado.
Em seguida é preciso assinar o contrato e aguardar o prazo de até 10 dias para a liberação do dinheiro.
No entanto, é necessário ter paciência, pois em alguns casos o tempo pode se estender por até 3 meses.

Porém, a data da assinatura do contrato é a referência para o cronograma da obra.
Portanto, é a partir desse dia, que o tempo de construção da primeira etapa passa a ser contado.

  1. Comece a construir o imóvel

Com o contrato assinado e o dinheiro liberado é hora de começar a construir a casa dos seus sonhos.

É muito importante que o projeto apresentado no ato do financiamento de obra pela caixa, seja devidamente seguido até o final.
Pois a caixa econômica disponibiliza uma equipe de profissionais para fazer visitas periódicas ao local e conferir qualquer irregularidade na obra.
Por isso, a contratação de arquiteto é de extrema importância, pois além de desenhar o melhor projeto para você, ele vai acompanhar a execução da obra.
Veja algumas vantagens de contratar esse profissional para elaborar e acompanhar o projeto de sua obra.

  • Construção de um imóvel de acordo com as suas necessidades;
  • Respeito ao orçamento disponibilizado para construir;
  • Garantia da execução da obra dentro do tempo previsto;
  • Fidelidade ao projeto desenhado;
  • Economia na compra de materiais, evitando comprar além do necessário;
  • Adaptação da imóvel às irregularidades do terreno, quando houver;

Principais dúvidas sobre o financiamento de obra pela caixa econômica

 1)Quanto dinheiro é possível financiar?

Essa é uma dúvida muito comum na hora de solicitar financiamento de obra pela caixa.
 É importante que você saiba que essa modalidade é destinada apenas para quem tem um terreno e deseja construir uma casa do seu jeito.
Para quem deseja comprar uma casa pronta há o financiamento habitacional que se divide em duas categorias.

Veja abaixo quais são elas:

  • Imóvel novo ou usado, ele pode ser casa ou apartamento;
  • Habitação Social dentro do programa Minha Casa, Minha Vida.

Para saber valor que poderá ser disponibilizado é bem simples, mas tenha em mente que é apenas uma simulação.

Para isso, basta acessar o site da Caixa e preencher os dados solicitados e então fazer a simulação.

Essa etapa serve para que você tenha noção de quanto o banco poderá lhe oferecer.
É preciso ter em mente que a caixa não financia todo o valor, portanto, para que a sua casa fique totalmente pronta é necessário a sua participação em dinheiro.

Geralmente o financiamento é de 80% por cento do valor total da obra, portanto, você precisa ter em mãos os 20% correspondentes.
Na hora de liberar o dinheiro é levada em conta uma prestação equivalente a 30% da renda bruta do solicitante.
Portanto, somente esse valor poderá ser comprometido com as prestações a serem pagas.
Sendo assim, sua renda mensal interfere diretamente no valor que será liberado.

2)Quais os critérios exigidos na hora de liberar o financiamento de obra pela caixa

Um dos principais é não ter nenhum tipo de restrição em seu nome junto aos órgãos de proteção ao crédito.
Toda a movimentação que você faz com esse documento, portanto, toda a sua capacidade de pagamento é analisada.

Outra informação importante que também é analisada é o seu score de crédito.

Uma espécie de pontuação que as instituições financeiras levam em conta na hora de conceder qualquer tipo de financiamento.
Quanto mais vezes suas contas são pagas em dia, maior fica seu score e maiores serão as chances de ser aprovado pela caixa.

É importante que você não tenha outros compromissos que comprometam mais que 30% da sua renda mensal, tais como os empréstimos consignados.
Embora isso, não seja uma exigência da caixa, pode influenciar na hora de liberar o crédito, pois somente 30% da renda mensal deve ser pode ser comprometida com as prestações do financiamento de obra pela caixa.

Portanto, outros compromissos podem  impedir a liberação.

3)É possível usar o FGTS para pagar o financiamento de obra pela caixa

Sim. Você pode usar uma parte do saldo do FGTS para quitar uma parte do financiamento.
Para isso é preciso que o trabalhador tenha pelo menos 3 anos de carteira assinada.
Além disso, o imóvel deve estar localizado no mesmo município ou em um município do entorno de onde você mora a mais de 1 ano ou trabalha.

4) Como escolher um arquiteto para elaborar o projeto da minha casa

Para garantir que o projeto seja feito de acordo com as exigências para obter o financiamento de obra pela caixa, bem como dentro das normas exigidas pela lei, a forma mais segura é a contratação de um arquiteto.

Antes de fazer essa escolha verifique algumas informações importantes sobre o profissional. Veja abaixo quais são elas:

  1. Conheça a experiência profissional, para isso peça referências de trabalhos feitos. Visite o seu site para ter acesso a mais detalhes.
  2. Exija a comprovante da regularidade junto ao Conselho de Arquitetura e Urbanismo;
  3. Converse com pessoas que já contrataram o serviço do profissional para saber seu nível de comprometimento e responsabilidade.

Após ter as respostas acima, marque uma reunião com o arquiteto escolhido e converse sobre o projeto.

Deixe claro quais são as suas exigências, necessidades e desejos.
Lembre-se de firmar um contrato para que ambas as partes tenham segurança.

 

 

Escritório de arquitetura Rio de Janeiro: equipe de arquitetos do escritório Gelker Ribeiro

A equipe do escritório de arquitetura Rio de Janeiro Gelker Ribeiro é composta por profissionais devidamente habilitados e altamente capacitados para elaborar o melhor projeto de construção para a sua casa.
Nosso escritório de arquitetura Rio de Janeiro elabora projetos de arquitetura corporativa,
 

Além de projetos institucionais, salas comerciais, conjuntos comerciais e projetos arquitetônicos de lojas comerciais no Rio de Janeiro.
Trabalhamos também na construção e reformas de casas nos estilos modernos e contemporâneos.
Somos a equipe mais indicada para fazer o projeto de sua casa.
Estamos dispostos a atender as suas necessidades e desejos para transformar o seu espaço em um ambiente belo, moderno e acolhedor.

 

A equipe de profissionais do escritório de arquitetura Rio de Janeiro trabalha com excelência e qualidade por um preço que cabe no seu bolso.
Além da elaboração de projetos de casas, comércios e ambientes corporativos de qualidade, fazemos a gestão completa de sua obra de construção ou reforma acompanhando cada etapa para garantir a fidelidade ao seu orçamento. 

 

Somos profissionais experientes na elaboração e execução de grandes projetos no estilo contemporâneo, por isso garantimos a satisfação do nosso cliente.
Se você está buscando profissionais competentes para elaborar o seu projeto de construção da sua casa para obter o financiamento de obra pela caixa, entre em contato hoje mesmo pelo telefone (21) 979449-6666. (whats app).

Somos especialistas em projetos de casa moderna, os projetos elaborados pelo escritório de arquitetura Rio de Janeiro, podem ser executados com total garantia de resultados satisfatórios.

Conclusão

O financiamento de obra pela caixa é a oportunidade que você precisa para construir a casa dos seus sonhos sem precisar esperar anos até juntar todo o dinheiro.
Portanto, não perca mais tempo. Faça hoje ainda uma simulação no site da caixa para saber quanto você pode conseguir.
Não se esqueça de contratar um arquiteto para elaborar o projeto adequado da sua casa e que também vai atender as exigências da lei para ser aprovado.

Entre em contato ainda hoje com nosso escritório de Arquitetura Gelker Ribeiro e agende uma reunião.

Teremos prazer em atender você

Open chat
Posso ajudar?